28 dezembro, 2010

Ano Novo Feliz !!




























  






Ano Novo Feliz !!

Pegue tudo de bom que se fez
Junte com os problemas resolvidos,
Os não resolvidos,
Coloque-os na fila dos sonhos.
Junto com as canções,
Coloque os que te perdoaram
Que teus amores,
Fiquem bem guardados
Faça um pacote de chances
Embrulhe com papel de conquistas
E enlace com a fé.
Não esqueça jamais as orações...
As flores ficam por tua conta
E brinde o caminho seguido
Olhe a frente, tem logo ali
Um caminho a seguir...
Cheio de paz, amor e união
E ao fundo, 'alguem' te guiará
Com uma nova canção!

Feliz Ano Novo!!!

Feliz 2011!!

É o que desejo à todos !


Dú♥Karmona®

27 dezembro, 2010

Liberdade !






















Liberdade!

"Que tempo é esse
que corroi,
destroi o caminho...
Sem carinho,
sem pão
sem canção,
sem brinquedo...
Só medo!
Cresça! saia!
Entre e volte!
Fique e viva... Viva a liberdade!

Dú♥Karmona®

Dor...

Dor ...

Tempo devolvido,
que demora a passar.
Sorriso dolorido
que arranca as estrelas,
o brilho da lua e a maresia do ar...
Levo onde quer que eu vá!
Dor sem intervalo, sem tamanho
e que ocupa o teu lugar...


Dú♥Karmona®

20 dezembro, 2010

Natal Feliz, Feliz Novo Ano!!!

























Desejo a você um Natal Feliz.
Comemore com seus amigos e familiares
com todo Amor!!!
E não deixe de convidar para seu coração
a pessoa mais importante, o aniversariante: Jesus !
Agradeça pelos amigos antigos,
para os novos que chegaram ainda em 2010
e que em 2011, seus melhores sonhos sejam realizados,
esperanças renovadas, sorrisos, amigos, união, família, Deus!!!
Que possa concretizar seus sonhos, desejos...
com muito Amor, Paz e Alegrias!!

E obrigada por te-lo!

Bj na alma!!!

Karmona®

18 dezembro, 2010

Instantes ...


















" Não! nem precisa dizer...
são instantes, que vão e voltam!
aqueles que vivemos, que não cabem mais
em sentir...
aquele que o tempo cruel,
não espera passar...
Sim, são instantes que ficam! "

Dú♥Karmona®

10 dezembro, 2010

Pensamento ... ( XV )

" ... Nem imagina o meu choro,
nem sente o 'meu jamais'.
Trago comigo uma bagagem inteira,
sem distância ruim.
Sem pensar no que diz para mim..
Nem dá para imaginar o 'sem'.
'Meu sem'... o 'meu jamais'... "

Dú♥Karmona®

22 novembro, 2010

Rosas ...

 























" Estava ali, intacta, cumprindo seus favores alimentando a solidão...  
E no jardim, assim tão perto, soprava uma brisa sem culpa
Continuou ali, a ouvir as flores dizer ternuras,  
lembrar travessuras antes da poda...  
E ali ficou, escutou as rosas e se viu menina  
entre bonecas e suspiros
Enquanto vivia ouvindo as rosas, ali, bem perto alguém cuidava dela.
 
Observava a canção alegre que sentia...  
Eram tantos sonhos misturados com pitangas, 
hortências e rosas, naquele tempo tão longe do jardim que, distraiu...  
Distraiu e teve que voltar...  
Voltou depois da poda, trazendo consigo,  
o som das Rosas... " 

Dú♥Karmona®



 

15 novembro, 2010

Pensamento ... ( XIV )



"... e entre as coisas que ouvia, 
tentando imaginar aquela vida que tentava escapar, 
se viu tão igual como reflexo, como sombra.
E de diferente, só o tempo...
Esse que, muitas vezes entre uma crueldade e outra,
passa, mas deixa Flores no lugar..."

Dú♥Karmona®
 
 

24 outubro, 2010

Reencontro


























Em nosso reencontro,
Sem palavras,
Só olhares pedindo para ficar,
Dançamos !
Delicia de olhar
Trocamos assim
Sem planos
Esquecendo de ir...
Ficamos assim
Como se não existisse
Nada e mais ninguém...
E nem terminou
O que descobrimos
E já era tarde.
E antes que cedo ficasse
Desatamos da canção
Dos olhares...
Até não sei quando
Mas até sempre
Sentiremos a canção
Pedindo pra ficar...


Dú♥ Karmona ®

16 outubro, 2010

Pensamento ...




" ... Ah dessa vez ela não quis somente assistir...
Era como se em eco a chamassem, ela tinha que ir
Era questão de tudo, tinha que existir!
E assim foi, questionou e ouviu o que doia
Só para confirmar...
E enfrentou como se o tudo fosse: desvendou!
E não querendo existir, depois de ouvir a canção,
Saiu. E deixou o sonho em seu lugar..."

Dú♥Karmona®

Tenho algo pra dizer...



















Chegue mais perto...
Não se esconda,
Não pode sair assim...
Entre agora, sem tempo...
Em tempo pra mudar

O que deixou de dizer
Antes que meu coração pare
Que a vida passe...
Tenho tanto para dizer...

Que seu perfume ainda está aqui...
Desde quando foi embora
Que continua em versos...
Que fiquei no seu olhar
Aquele feito canção,
Feito só para mim...
Veja em que lugar está:
Está em toda minha vida
Do começo ao fim...
Guardei em seu olhar
Instantes do que fui...
E agora o que sei
Que voce faz entender
O quanto amo você!

Chegue mais perto,
Tenho algo para dizer
Amo tanto você!


Dú♥Karmona®

Vendo Saudades...


Minhas prateleiras estão repletas de saudades
De todos os tempos vividos
Tem com gosto de pirulito...
De algodão doce...
De Quebra-queixo!!!
A de sardas como minha ‘boneca sapeca’
Que tinha sardas como eu que as carrego até hoje...
E aquela do meu primeiro amor?
Que saudades mais reluzente
Brilha mais que todas!!!
Como a fantasia do primeiro carnaval
Da minha professora
Que nasceu na ‘cidade maravilhosa’
E que depois virou estrela
E brilha lá no céu e também na minha prateleira
Ela quem fez eu gostar de literatura
Tem também das travessuras
Que fiz sozinha ...
E as que compartilhei também
Afinal éramos em tantos...
Vi tantas saudades
Desde pequenina
Nunca vivi o suficiente
Pra que não a sentisse
Sempre fui intensa
Se amar (e quando não amo?) me sufoco
E basta pra sentir saudades
De tudo e de todos
Até mesmo de ontem
E também do que ainda não vivi
E assim encho as prateleiras...


Dú♥Karmona®




15 outubro, 2010

Inteira ...


Na sua falta, peguei todas aquelas suas frases feitas
que ficavam ao lado dos livros, na estante
e esqueci todas!

E aqueles dias lindos...
que pintava de cor de rosas
com essência de baunilha,
e depois embrulhava com fitas azuis da cor do céu,
dizendo que eram presentes...
Só pra me impressionar,
não nasceu ainda, nem um dia igual...

Aquele sonho que disse ser meu
e que era só desejar forte que a gente
poderia ter juntos, escapou...

Fiquei com meus dias quentes, aqueles de verão
que mesmo sozinha, consigo sonhar, consigo ter...
Consigo ouvir o vento passar,
que vira brisa com a nossa canção.
E que depois descobri ser só minha
e é a mesma que vive comigo desde sempre...

Fiquei com o que sou, fiquei comigo.
Fiquei com o que não viu,
com o que senti sem mudar.
Sim, eu fiquei com o que disse não existir...
Em meu mundo que você não viu...
Fiquei com o meu 'tudo'
E a sua falta, preenchi sem culpas,
com todo amor que transbordo...
E assim prossigo, sem a sua metade
e volto para mim, Inteira!

Dú♥Karmona® 

08 outubro, 2010

Rascunho do Vento




















Veio...
Disfarçado como brisa
E se alojou de mansinho
Tímido, tingiu minh’alma
Remendou minhas dores...
Sussurrou teus desejos
Teus temores...
Despertou para o amor
Entregou sem favores
Assistiu meus valores
Resistiu...
Disfarçou... faltou...
E como o Vento,
Passou...


Dú♥Karmona®

27 setembro, 2010

Meus Anjos ...

 

Esta na minha hora...
Hora de ir embora
e levo no peito,
sem angustias
nem medos,
o que se revelou.
Deixo no meu quintal
o som “dos pequenos” ...
As flores...
O canto dos pássaros...
O tapete de areia,
O por do sol na minha sala de estar...
O barulho do riacho sob a ponte
que corre em direção ao mar...
Meus passos no calçadão
E levo a poesia de tudo,
fonte de inspiração ... 
E meus Anjos revelados
Em meu coração...

Dú♥Karmona®


26 setembro, 2010

Alma Minha


























Minh’alma chora
Tudo que tranquei
Tudo que perdi
Sem ter tido...
Tudo que sofri e morri...
Um pouco a cada dia.
E me vesti de poesia
E não adiantou...
O vento soprou
E te levou!
E minh’alma chora
A ausência da tua...
Alma minha!

Dú♥Karmona®

25 setembro, 2010

Ausência de Mim ...



Estava assim tão ausente de mim
Sem saber quando voltar...
Foi quando ouvi (do Beto) que minha inspiração
Estava sendo usada pra 'sarar as coisas'
Dentro de mim...
Acho que são tantas 'as coisas'
Que irei sentir saudades... 
Mas só de mim!


Dú♥Karmona®


O Mundo é Colorido ...



O Mundo é Colorido...

Excluir um ser humano de qualquer cor que for
Por condição financeira ou aparencia, sem dó,
Não é humano, não é solidário.
Misturar nossas singularidades, nossas cores,
Permite o reconhecimento e é a soma do amor
Que bate no peito de qualquer cor.
O amor independe de cor, de condição social
O amor é incondicional...
Ame sem diferenças, sem desigualdade
Onde quer que esteja...
Onde quer que for
Aos quatro cantos do mundo
tem que ter amor!
Assim, só assim estaremos colorindo este mundo
E faremos dele um lugar melhor!

Dú♥Karmona®

(foto retirada da Internet)


23 setembro, 2010

E Ele resolve me amar...

Saudade... tomou-me por inteiro
Sentida pelo olfato: maresia
Visão do infinito e preciso mar.
Envolve-me os sentidos
Vento, respingos de ondas.
Miro o infinito, avanço!
Levo-me inteira
E ... me perco.
Tomada de coragem tento buscar-me
Nas profundezas oceânicas.
Entre fantasmas, braçadas vulcânicas.
Águas ora turvas, ora cristalinas
Avanço em busca existencial...
Recobro os sentidos no tapete de areia.
Sou somente um grão...
Boca salgada, chama no peito.
Luar de estrelas
Sussurro do vento...
Impressão de renascimento.
Busco identidade na memória...
Ouço vozes infinitas
Sussurrando o que ser
Como agir, o que sentir!
Ouço surdamente em eco.
E entre sussurros, meu grito!
Foi preciso confessar
Minhas fraquezas,
Morrer para mim mesma...
E despida de tudo, sintonizo o mar
E o Mar.... Ah o mar... Sim !
E Ele resolve me amar...


Dú♥Karmona®

Pensamento ... ( XII )

"... Como calar?
Calar essa dor...
Essa fome de tudo
Esse tudo de amor...
Não posso calar
O que minha alma grita.
Se calo,
Viro pedra doente ! "

Dú♥Karmona®


18 setembro, 2010

Vá ...






















Vá ...
Não! não precisa se trocar...
Você está bem assim...
Leve tudo com você, não se dispa...
Ele nem vai perceber...
Ele estará em você,
No que sente, no que emociona...
Leve tudo... tudo que aprendeu!
Leve os acertos, os erros...
E toda sua dúvida...
Voltará mais leve,
Quando enfim, acordar...

Dú♥Karmona®




Pensamento?



"... Tem uma estrela aqui... bem perto, insistindo em ficar... 
Me aquece com seu brilho...  e quer ocupar o seu lugar. 
Ela insiste em ficar no que mudou
E no espaço que deixou... " 

Dú♥Karmona®


16 setembro, 2010

Psiuuuuu ...

Psiuuuuu ...
 
Fique aí, bem quietinho...
É onde estará seguro!
O que fazer com os ecos?
Ouça todos,
Sinta todos,
É voce que está chegando...

Dú♥Karmona®


13 setembro, 2010

Amor em Pétalas...




Envio Rosas, muitas rosas
De todas as cores,
De todos os sabores ...
Com toda essência exalante
Minha e delas, sem Espinhos
Eu as solto como sussurros ao vento
Que trilham e perfumam o caminho
Sussurrando ... Suave como brisa,
Deslizando em pétalas...
Até te encontrar...


Dú♥Karmona®



10 setembro, 2010

Pensamento ... ( XI )


"... Chegara com o turbilhão, o tempo!
Sem acordo, sem demora, sem segredos...
E aquele acreditar, que ainda doi, doi no peito...
Bate sem respostas, em todo o tempo...
E aquele brilho, atrás dos olhos, vai pra outro lugar...
Sem hora, sem tempo e lá dentro ela, chora ... "

Dú♥Karmona®



07 setembro, 2010

Você!



Você!
Sim... você!
Estive com você ate agora, nem saí...
Até tento, mas o meu dia pergunta, a vida...
Sinto falta do seu olhar.
E olho pra dentro...
Foram tantas emoções
Que minha alma sangra,
E sangra a dor que separa
Separa da vida, do real
O que ficou...
E o meu dia pergunta: Você?!

Dú♥Karmona®

05 setembro, 2010

Beijo na alma!

 

Beijo na alma !

Beijo na alma
São palavras sentidas
Quando reconhecidas,
Chega ao coração
Não é o mesmo que ser
Beijado, no rosto, na boca...
É o mesmo que sentimos
Quando em Oração
Perceptível somente
Pelas almas em sintonia...
É a emoção de um afago,
De um abraço.
Que mata, deixa e leva saudades...
Beijo na alma!


** porque sempre envio bj na alma? texto em resposta ao meu amigo lindo Edi ! Lindo ele, lindo...

Dú♥Karmona®



Solidão ...


Pronto, agora eu vou... não sei mais esperar o meu Sol chegar.
Ele se foi e sei que não volta, eu pedi, pedi para que fosse.
Sua luz já não estava tão clara e sua penumbra me confundia, mesmo quando tinha a lua...
Ele estava (antes de tudo) entre as coisas importantes, com todas as cores...
Perdeu o tom, ficou sem som, e perdeu de novo para o mar...
Não reconhece a estrela do mar, nem o rio que foi em outro tempo...
A nossa musica ainda toca, escuto a canção do seu olhar junto com o perfume que ficou.
Esqueceu de avisar que estava chovendo e assim desmanchou todo nosso castelo...
Esqueceu de levar também a saudade que deixou.
Mexeu com meu cotidiano, e agora percebo a diferença quando falo sem respostas...
Sem som, só a porta fechada e a vela acesa. Ainda tem o seu perfume aqui, em meus versos...
Olho no fundo daquela canção, e não tem o mesmo tom e nem acredito mais naquele destino.
Não posso entender sozinha, insistir em nós, sem espaço, sem atalhos...
Só 'voce'... Só 'eu'... sozinho ficamos 'nós' sem nos reconhecermos
Sei o que ficou quando se foi, deixou tudo no mesmo lugar até mesmo o seu olhar.
A canção ainda ouço, mas sei que ainda não ficou pronto aquele verso que ficou no porta retrato. Nem terminou de ler aquele livro que guarda a rosa que me deu...
Não importa onde eu esteja, não quero leva-lo, mas quando chego, não importa onde eu vá, ele já está....
Ah! as flores, não sinalizam mais o caminho, está escuro lá no fundo...
Tem névoa em pensamentos e naquele sorriso antes inocente...
Tenho que recuar para poder continuar a te sonhar...
Preciso ficar só pra conseguir entender as coisas que não deveria ter ouvido, sem nexo, sem sentido existir, mas ele insiste em acreditar só para fazer existir...
Não quero nada de mal, nem quero ficar aqui inerte, sentindo a vida cansada.
Quero prosseguir! Nem mesmo sei pra onde vai aquela nuvem de sonho.

Mas seguirei ate que ela seja de novo rio, depois no ar, e de novo no ceu.
E quando cair em chuva vou tomar e molhar a minha alma dançante, tingida da cor do som, de sonho... Assim, posso existir um pouco mais.
Pronto! Agora é 'preciso' ir . Levo meus sonhos junto com minha solidão devolvida... mas deixo esse dia esquecido, esse dia sem Sol. Deixo também na realidade, meu nome e endereço.

Dú♥Karmona®

01 setembro, 2010

Pensamento ... ( X )

 

"Sabe aquele mundo guardado,
Aquele com voz de tudo e cheiro de mação verde...
Aquele que ficava entre a relva macia
E o abraço roubado?
Ficou tão pequeno dentro do peito que virou coração
E bate em ritmo de festa
Até mesmo quando não é pra sorrir...
Fincou amor escarlate, tatuou em sangue
E virou serpentina na minha canção..."


Dú♥Karmona®

Retorno ...



" Quando fazemos do "Inverno" Outono
Quando na verdade está pra chegar a "Primavera",
É porque não temos que parar,
Só prosseguir com as 'flores' das quatro estações...
E assim será o retorno: forte, florido e escarlate!
E, sem saudade..."

Dú♥Karmona®

01 agosto, 2010

Ausência...

Queridos amigos, 
Estarei ausente por tempo indeterminado ...
Preciso antecipar o meu Outono...
Obrigada pelo carinho de sempre!
bj na alma!!!
Dú♥Karmona®

Verdades


"E me despi das verdades
que pensei ouvir...
Palavras que o vento soprou...
E agora, me visto de poesias!!!"

Dú♥Karmona®




29 julho, 2010

Te aguardo...



"... Te aguardo com as flores, 
quando for tua 
a Primavera...
Mas... 
cuidado! 
poderá ser meu Outono..."

Dú♥Karmona®


28 julho, 2010

Pensamento ... (...)


" ... Estava entre amigos...
Assim pelo menos esperava
Ou tinha que ser
Fora tanto tempo comprometido
Representado pelo viver
Porque tinha que ser?
Modelo do que?
Era tudo tão corretamente óbvio
Que cansou, dormiu e acordou.
Acordou o que era, não tarde,
Apenas passado..."



Dú♥Karmona®

27 julho, 2010

Tudo certo!



























Tudo certo! - Feliz niver Felipe!

É tão lindo poder ouvir sua voz,
Se perder nesse seu abraço,
E pensar que algum tempo atrás
Só balbuciava
E mal cabia em meus braços

Ah! menino sempre travesso
Que me fez virar do avesso
Pra poder entender
O porque de querer
Do seu jeito aprender

Ah! como é bom poder ouvir
Sem nenhum esforço pra entender
O que aprendeu a pedir
E dizer com um sorriso, depois de sumir,
Que estava logo ali...

E o que aprendeu
Foi me ensinar com seu sorriso mais lindo,
Com seu olhar mais brilhante
Confirmando quando digo,
Depois de um abraço
Que 'tudo vai dar certo'
Sim! tudo certo!

Feliz aniversário Felipe!

Dú♥Karmona® 

18 julho, 2010

Vento...


Chamei o Vento que te trouxe
Com a cumplicidade da lua
Pedi pra que ele se transformasse
Numa brisa bem suave...
Para que te arrancasse aos poucos
De minh’alma...
E te levasse ao norte do horizonte...
Pedi com minh’alma em prantos...
Já sentindo a falta da tua...
E assim foi...
O Vento te levou...
Te libertou...
Levou tua alma pra longe da minha
Mas o que nem o Vento viu
Foi que trocamos nossas digitais
Que ficaram tatuadas
Para não nos esquecermos
Jamais...


Dú♥Karmona®

Convite


Veio como o vento,
Entrou sem pedir licença,
Como brisa suave da manhã,
Afagou minha alma...
Beijou minha manhã,
Fez melodia com o meu dia...
Trouxe o entardecer
deslumbrante
E deixou um convite
Para a Noite Enluarada...

Dú♥Karmona®

14 julho, 2010

Rosa Menina ...


Que o amor
E a felicidade
Trilhe teu caminho
De contentamentos 

Concretizações ...
Una ao teu futuro 

Brilhante que terás
Com muito amor e paz

Que continue 
Exalando sempre, 
Teu perfume
Essência encantadora
E que deixe saudades 
Por onde passar

Parabéns minha filha, 
Rosa-Menina 

Onde é a flor mais bela
No jardim florido...
Neste dia tão lindo
De mais uma Primavera.

Dú♥Karmona®