30 dezembro, 2011

Ano Novo Feliz!!!

 
 
 
Ano Novo Feliz !!

Pegue tudo de bom que se fez
Junte com os problemas resolvidos,
Os não resolvidos,
Coloque-os na fila dos sonhos.
Junto com as canções,
Coloque os que te perdoaram
Que teus amores,
Fiquem bem guardados
Faça um pacote de chances
Embrulhe com papel de conquistas
E enlace com a fé.
Não esqueça jamais as orações...
As flores ficam por tua conta
E brinde o caminho seguido
Olhe a frente, tem logo ali
Um caminho a seguir...
Cheio de paz, amor e união
E ao fundo, 'alguem' te guiará
Com uma nova canção!

Feliz Ano Novo!!!

Feliz 2012!!

É o que desejo à todos !

bj na alma!!!

Dú♥Karmona®

12 dezembro, 2011

Sim, eu sei !

 
 
Sim, eu sei!

Sim, eu sei...
Que o meu sorriso
só brilha no teu olhar,
que o teu olhar no meu
é feito canção e traduz
o sol de todo um verão...

Sim, eu sei,
que o que fez existir
hoje não sente
e só no teu olhar de luar
posso encontrar
o que hoje sei
de cada luar,
que tentou existir...

Sim, eu sei,
ficou aquele olhar guardado,
no meu!

Sim, eu sei!

Dú♥Karmona® 
 



11 dezembro, 2011

Pensamento ... ( XXVII )



Pensamento ... ( XXVII )


Chegara a seu interior
sabendo o quanto não quisera ser
Ela nem quisera ter
e reviveu todos aqueles dias doados,
a entrega de cada segundo,
em cada dia que trouxe, era amor...
era seu dia, seu sol, ouvia...
Seu brilho no olhar denunciara,
anunciara o amor
e ele também acreditara ser
e se fez existir, ser...
Reviveu todo aquele sonho,
pertencera àquele sonho...
Ela nem pensara existir,
ela nem pensara ainda ter
e nunca pensara acordar
em seu interior
a saudade que dói,
que sangra...
A ausência daquele olhar
de luar...

Dú♥Karmona®



29 novembro, 2011

Solidão ... ( V )



Solidão ... ( V )
 
" Tarde ensolarada
e um sentir de brisa fresca...
Respingos do mar
Dia que se finda em noite enluarada
reluz lembranças de um olhar de luar...
De pingos de estrelas espremidas
a espera de um amanhecer de sonhos...
Dia que se finda
abraçando minha solidão... "


Dú♥Karmona®


foto cedida pela amiga Sandra Noli Maës

26 novembro, 2011


Solidão ... ( IV )


" ... Tento decifrar esse caminho
onde sempre percorro só...
E entre o espaço dessa solidão e meus sonhos,
fica a saudade de tudo que fomos ... "

Dú♥Karmona®

Recanto das Letras

23 novembro, 2011

Não Fujas...

"Não fujas, pode se perder
e eu não te encontrar.
E assim não resistirei...
Terei que ir também.
E se eu for não adiantará
sentir saudades,
Pois o meu retorno
não será mais possível,
Estando Eu,
onde 'ainda não vivemos' ..."
Dú♥Karmona®

19 novembro, 2011

Pensamento ... ( XXVI )



Pensamento ... ( XXVI )

" Em seu interior ela chegara

e a sensação de tudo ser

um esboço, um rascunho...

Uma sensação de ensaio de vida...

Mas sabia, em seu interior ela sabia

que depois, quando tudo terminasse,

quem sabe, ela poderia sonhar... "


 
Dú♥Karmona®
 

Tarde Azul ...

 
Tarde Azul ...

"Era uma tarde azul
 
Já à espera das estrelas.
Uma tarde ansiosa de sonhos

E era só dizer Sim... "


Dú♥Karmona® 
 
 
 
 
 

13 novembro, 2011

Rascunho do Vento...


Rascunho do Vento...

Veio...
Disfarçado como brisa
E se alojou de mansinho
Tímido, tingiu minh’alma
Remendou minhas dores...
Sussurrou teus desejos
Teus temores...
Despertou para o amor
Entregou sem favores
Assistiu meus valores
Resistiu...
Disfarçou... faltou...
E como o Vento,
Passou...


Dú♥Karmona®


06 novembro, 2011

Sonho Meu ...

      Sonho meu ...



      " ... Voam pensamentos

      entre sonhos meus...

      Voam sonhos seus

      em pensamentos meus...

      Não me deixe aqui sozinha

      tão forte a te sonhar... "



29 outubro, 2011

Momentos...




Momentos ...

Foram tantos meus momentos
Mas minha boca nada lhe disse
Porque você não veio, nem com o vento
Nem quando lhe cantei em versos
Nem quando lhe contei pra lua
Nem quando disse já ser sua
E a falta de você doeu lentamente
Não sei desde quando
Mas meus versos dizem que até sempre
Foram tantos os momentos
E hoje ainda tenho para lhe dar
Os mais lindos versos
Que ainda continuo a encontrar
Porque não consigo viver
Sem apenas um momento
Do que vivi lentamente
Do tão pouco que ouvi
Até na hora de partir...
Foram tantos momentos
Mas não sei se me levou
Sequer em pensamento
Mas ficou em meus versos
Em meu lembrar
E em tudo que passou
Mesmo sem ainda saber
Se em algum momento
Você me amou ...


Dú♥Karmona®

28 outubro, 2011

Diz para Mim...



Diz para Mim...

" diz para mim
sobre aquela noite de luar
mas deixe-me aqui...
para poder sangrar essa dor...
diz para mim
enquanto espero o sol chegar
amanhecendo em minha solidão
traduzindo assim
toda magia daquela noite de luar...
diz para mim
quem sabe assim
lhe envio 'as flores'
daquele nosso jardim..."

Dú♥Karmona®

20 outubro, 2011

20 de Outubro - Dia do Poeta

20/Outubro - Dia do Poeta 
A todos os Poetas e Amigos da Poesia,
meus Parabéns!

E para cada Dia, uma Poesia!

Dú♥Karmona®
Imagem - Kathy's Creations

10 outubro, 2011

Tudo passa...





Tudo passa...

Tá tudo tão aí...
e permanece!
Você quem vai,
você quem passa
pelo por do sol que voltará amanhã...
Pelo céu de estrelas cadentes ou não
que insiste nas noites
desnudas de névoas, ou não!
Você quem passa...
sem virar paisagem
mas pode tatuar em instantes
misturando sua história,
e a escolha é sua
de deixar flores por onde passar...
ou não!

Dú♥Karmona®


http://www.recantodasletras.com.br/pensamentos/3267659 

02 outubro, 2011

Saudade ... ( V )


 Saudade...

" ... Está chovendo lá, nas flores
Espero que não deixe de 'lavar'
a dor dessa saudade
que insiste em ficar... "

Dú♥Karmona® 



Chuva...

Chuva...

" Chove aqui, e invade minha alma

o barulho que faz...
Pinga chuva sem estrelas
espremidas em minha solidão...
Ah! chuva que cai em meus sonhos,
pinga e deixa em meu peito,
um jeito seu..."

Dú♥Karmona® 
 

30 setembro, 2011

Saudade ... ( IV )



Saudade ( IV )

"Hoje sinto o nada,
o nada que ficou...
Do meu tudo que levou
e me fez saudade,
solidão...
Lembrança que faz
adormecer meus sonhos
em uma noite
de insônia imensa,
de visão turva
e peito calado
pela dor...
Virei lembrança,
virei verso
daquela nossa canção... "

Dú♥Karmona® 
 
 
 
 

23 setembro, 2011

Flores ...

 
 
Flores ...

"... Sem esquecer as horas, momentos
Sem partir de mim!
Prefiro colher as flores... "

Dú♥Karmona®



22 setembro, 2011

E por falar em Amor...


E por falar em Amor...

" ... e por falar em amor,
entre esses dias cinzentos de Outono
vislumbro pingos de estrelas
tatuados nesse céu negro
e pergunto:
onde anda meu amor?
onde entregar as flores que estão chegando... "

Dú♥Karmona®


 http://www.recantodasletras.com.br/pensamentos/3235390

Não Fujas...



Não Fujas...

"Não fujas, pode se perder
e eu não te encontrar.
E assim não resistirei...
Terei que ir também.
E se eu for não adiantará
sentir saudades,
Pois o meu retorno
não será mais possível,
Estando Eu,
onde 'ainda não vivemos' ..."


Dú♥Karmona®

04 setembro, 2011

Flores ...

 
 
Flores ... 
 
"Têm flores aqui
e por todos os  lados.
Vejo flores aí também...
Mas a essência,
de todas elas,
ficaram aí,
em suas mãos..." 
 
Dú♥Karmona®
 
 
 
 

01 setembro, 2011

Bom dia!

Bom dia!!!

Complicado esse dia que nasceu:
feito assim, quase completo
sem ouvir a ternura de um bom dia

Mas só ouço o que penso
e tudo que vejo ainda dorme...

Só essa voz a me dizer
que essa tempestade
em minha memória
será transformada
em primavera!!

Eesse destino em voz
tenta inutilmente
invadir o que penso...

E só o que penso
é o que fazer desse dia,
quase completo
a me olhar e me devorar

Prefiro disfarçar em sonho
o que penso,
guardar no peito
essa tempestade
e deixar na memória
o 'eu' que deixei partir...

Completo então meu mundo
com 'aquele' sorriso brilhante
que visto com esse dia
e porque não,
dizer bom dia!

Dú♥Karmona®



28 agosto, 2011

20 agosto, 2011

Solidão ...







































Solidão...

Ela sabia onde poderia estar...

Somente lá ela poderia gritar
ou dizer o que tanto queria
E até dizer 'não', quando quisesse
Somente lá poderia 'ser'
poderia 'dizer'
poderia 'sentir' o 'teu sorrir'
ou o 'teu sofrer'...
E 'permanecer', sempre quando quisesse
mas para isso teria que conhecer a 'solidão'
e assim foi, entre escolhas... ficou!

Dú♥Karmona®



Amor ...
































Amor ...

" ... Esse amor que deixou aqui
Só fez misturar com o meu
Deixando meu mundo assim...
Depois de querer ter sido minha estrela
Em todos os dias que me deu
Não tenho mais o tempo que passou
Nem o carinho que me deu
Mas tenho sim, a mistura que deixou... "

Dú♥Karmona®

Sem você ...


































Sem você...


Sem alegria no meu jeito de viver.
Sem você, admito, a poesia chora,
Aquela que fez folia em nossa canção...
Sem você em mim, o meu dom fica sem som,
As flores que você deixou, sem tom!
E amanhã quem sabe,
Sem você, doendo,  eu possa viver...

Dú♥Karmona®


http://www.recantodasletras.com.br/pensamentos/3170621 

14 agosto, 2011

Oração à meu Pai


Feliz dia dos Pais !


E o que ficou...



E o que ficou...

Não sei ao certo para onde foi
Mas sei por que veio...
Foi meu grande farol
Eternizando uma luz no meu caminhar...
Em minhas escolhas,
Foi grande, forte
E herói...
Foi meu Jesus
Fez minha fé
Sanou meus medos...
Meus pesadelos
E até meus pecados...
Meus erros criticados
Mas no fundo compreendidos...
Tudo que quis desde o começo
E o que quis até o fim...
Pai, ainda sou tua menina!
Não é mais palpável...
Mas ficou no meu abraço
Em meus tantos segredos
Contados e vividos...
Não são cômodos vazios,
Pensados, em ecos gritantes
Que te eterniza...
É a voz forte que ainda ouço
E me dá a direção
Que trepida em meu peito...
Teu sangue que corre em minhas veias!
Tantos olhares trocados
Sentidos, ouvidos e açucarados...
Virou pingos de estrela,
Deixando luz no meu caminhar...
Não sei para onde foi ao certo
Mas, Pai, sei que ficou...

Dú♥Karmona®


http://www.recantodasletras.com.br/homenagens/3158716 


05 agosto, 2011

Metades Inteiras...




Metades Inteiras...

Entre o tudo que mudou de lugar
e o mundo que sabia existir,
mas tão longe de ser,
voava sem caminho.
Voava, para tão mais além...
E em seu interior, aquela voz feito canção
perpetuou, sentida!
E sem estar, sem permitir, ficou!
Ficou misturada entre metades inteiras...

Dú♥Karmona®





30 julho, 2011

Pensamento ... ( XXV )

Pensamento ... ( XXV )


" ... Está muito dolorido aqui.
Está muito sem você aqui.
Aqui, nesse paraíso que deixou... "
 
Dú♥Karmona®

29 julho, 2011

 
Sinto ...

" Não sei se existo ou se penso para existir.
O que sei é que sinto... muito!
 
 
Dú♥Karmona®
 

Pensamento ... ( XXIV )























Pensamento ... ( XXIV )

E ela ali, voltada pra seu interior...
a sensação de engano que ficou,
era maior que tudo...
Confusa, como pudera se enganar?
Fitava o longe de tudo agora, ficara na lembrança,
na saudade que virou, na solidão pesada que deixou,
muito longe da sua realidade...
Sensação de engano que consome, dói no peito e sangra...
Respira fundo, aconchega em seu peito a 'rosa',
agora sem espinhos, sem  engano.
Entende do que se vestiram e volta,
traduzindo a sensação da verdade, do engano.
Não, não se enganara, sua certeza sabia, o olhar...
E a sensação que virou agora é de ter sido enganada,
e volta da saudade, de um dia que viveu
com a 'rosa', sem espinhos, mas que sangra essa dor...
e vira pó-de-estrela na noite escura que ficou...

Dú♥Karmona®