27 dezembro, 2013

Ano novo Feliz!!!




Ano Novo Feliz!!!

Pegue tudo de bom que se fez
Junte com os problemas resolvidos,
Os não resolvidos,
Coloque-os na fila dos sonhos.
Junto com as canções,
Coloque os que te perdoaram
Que teus amores,
Fiquem bem guardados
Faça um pacote de chances
Embrulhe com papel de conquistas
E enlace com a fé.
Não esqueça jamais as orações...
As flores ficam por tua conta
E brinde o caminho seguido
Olhe a frente, tem logo ali
Um caminho a seguir...
Cheio de paz, amor e união
E ao fundo, 'alguem' te guiará
Com uma nova canção!

Feliz Ano Novo!!!

E que venha 2014!!

É o meu desejO!!

bj na alma!!!

Dú♥Karmona®

24 dezembro, 2013

Feliz Natal !!!




Um Feliz Natal à todOs nÓs!
E que o sOm do Natal perdure...
é o meu desejO!!!
Dú♥Karmona®

18 dezembro, 2013

Pensamento ... ( XXXVII )






Pensamento ... ( XXXVII )

“ Depois de tanto relutar, ela chegara de lugar nenhum
Não tão despida, inteira, quanto deveria, 
mas quem sabe aos poucos iria se abrindo, soltando...
Ao fundo uma música bem tocada
Que fez entender o que lhe doía, o que lhe tirava o sono
Sem ouvir o som do seu peito, sem perceber estar quase morrendo...
Adiantou: amo tudo que tenho, mesmo sem esse ‘tudo’ às vezes não me esperar...
Não adiantava ficar ali mostrando o que lhe doía nesse desespero
Ver a vida ir assim há dias... Em horas...
E sentir os últimos minutos vividos bem à sua frente!
Isso doía, mas não poderia ser fraca e estendeu os braços para as lágrimas incessantemente jorradas... Pela vida ida...
Por tudo intacto, pela dor sentida até o fim...
Isso tudo doía, sangrava.
E estava virando pedra dolorida por não conseguir exteriorizar, entender
Sentir um mundo inteiro bater no peito dolorido e pequeno diante de tanta dor...
Por isso pensava em ser pedra, sem dor...
Não virar pedra, ‘ser’ pedra...
Para não sentir tudo isso doer em tudo que via...
E não existir ouvidos para lhe ouvir, ouvir toda sua vida...
Esse mundo de contradições... Que deixara esse nó na garganta e sua boca muda...
Queria voar em direção àquele lugar... E ir até o fim
Tirar essa dor que aumenta cada vez que assiste às atitudes alheia,
nesse mundo de faces...
Não quisera razão e sim o seu sentir tantas vezes sem graça a todos que a rodeavam
Às vezes pensava em desistir, deixar-se ir, voar ate aquele lugar...

Então aquele olhar brilhante, ingênuo, com futuro imenso...
Vontade de proteger de tudo que viria...
De todas as maneiras protegê-la...
Desde então e pra sempre...

Foi aí que pegou o que mais estava guardado,
Guardado para si e sorriu... “


Dú♥Karmona®


14 dezembro, 2013

Pensamento ... ( XXXVI )



Pensamento ... ( XXXVI )
Versos Antigos
" De repente ‘ele’ virou tudo que ela pensou não existir mais
Então pegou o que mais estava guardado,
guardado para ela e sorriu
Queria dividir isso, fazer sentir o que pensava
Ver o que ninguém mais lembrava
Descobrira que poderiam ser ‘o amor de suas vidas’,
Se misturassem tudo que viveram,
Todas as emoções sentidas e até mesmo
suas decepções...
Em versos comuns, marcados sem rimas...
Enganos que ficaram em versos sem razão,
E que agora existe
Nos mesmos versos antigos
Guardados em sua memória... "
Dú♥Karmona®
Recanto das Letras


06 novembro, 2013

Sim, eu te amo!!!




Sim, eu te amo!!!

Sem memória, sem demora
Aqui intacta, sem dia pra contar
Sem encontrar ali
O tempo q vim buscar

Sim, eu te amo!

Dú♥Karmona®

20 outubro, 2013



20/Outubro - Dia do Poeta 
A todos os Poetas e Amigos da Poesia,
meus Parabéns!


E para cada Dia, uma Poesia!


Dú♥Karmona®

Amor (do Poeta) 

" Sou o teu Amor, tua paixão, tua emoção: 
Sou o reflexo da lua no mar... sou tua lua nova. 
Sou o exagero do céu em noite de lua cheia 
Sou tua estrela cadente, cumprindo teu desejo ardente 
Sou a brisa do mar e trago tua inspiração
Amor cantado em versos, em forma de poesia...
Faço parte de toda tua arte,
Viro poesia e até uma canção...
Sou o Amor do Poeta exagerado
Intenso em versos e escritos com paixão
Sou a dor do amor sentido e entregue;
Dor desnuda que faz virar Amor numa canção.
E vivo da tua paixão... Sentindo tua emoção.
Sou tua inspiração, e viro poesia e até uma canção.
Sou o Amor do Poeta que fala com a alma
Entre palavras e versos, revelações...
Sou o Amor do Poeta,
E tua inspirada solidão... "

Dú♥Karmona®

12 outubro, 2013



                    Vendo Saudades ...
Minhas prateleiras estão repletas de saudades
De todos os tempos vividos
Tem com gosto de pirulito...
De algodão doce...
De Quebra-queixo!!!
A de sardas como minha ‘boneca sapeca’
Que tinha sardas como eu que as carrego até hoje...
E aquela do meu primeiro amor?
Que saudades mais reluzente
Brilha mais que todas!!!
Como a fantasia do primeiro carnaval
Da minha professora
Que nasceu na ‘cidade maravilhosa’
E que depois virou estrela
E brilha lá no céu e também na minha prateleira
Ela quem fez eu gostar de literatura
Tem também das travessuras
Que fiz sozinha ...
E as que compartilhei também
Afinal éramos em tantos...
Vi tantas saudades
Desde pequenina
Nunca vivi o suficiente
Pra que não a sentisse
Sempre fui intensa
Se amar (e quando não amo?) me sufoco
E basta pra sentir saudades
De tudo e de todos
Até mesmo de ontem
E também do que ainda não vivi
E assim encho as prateleiras...

Dú♥Karmona®

22 setembro, 2013

Primavera em Mim...



Primavera em Mim ...

"Novo perfume...
Dos meus dias cinzentos
de inverno pra sempre,
saio e sigo em sua direção...
Faço 'manhã' em mim ...
E entre todas as flores misturo 
e fico a ouvir ternuras
enraizando em seu jardim..."

Dú♥Karmona®

Amor Perfeito



Amor Perfeito 

É preciso falar das flores
Das flores do lado de dentro
Só assim será amor...
Amor perfeitO!

Dú♥Karmona®



16 setembro, 2013

Confesso ( II )


Confesso ( II )
“ Confesso que guardei aqui
Alguns erros,
Acertos imperfeitos
Vontades absurdas de querer
Achar entre os perdidos
Pois só isso poderei levar
No bolso que faz Tum Tum...”
Dú♥Karmona®

Recanto das Letras 

Joaninhas!



25 agosto, 2013

Voar ...



Voar...

Pronto... agora é só atravessar
Aquela estrada de luz
Vá, sem medo do agora
Desse mundo
Leve todas as sensações
Vividas, que te ensinaram a amar

Vá sem segredos
Com todos os sonhos
Com toda vida
Esta dor vai passar
Basta atravessar
Ver o sol nascer
Agora ele vai brilhar
É só atravessar
Esta passagem nova
e... voar.... 
Dú♥Karmona®

Recanto das Letras

28 julho, 2013

Em Minha Memória...



Em minha memória...

Que minha memória não me leve
Não te leve...
Que ela me deixe aqui
E voce ai... bem onde está

Que ela não afaste
O meu mundo...
Das pessoas que convivo
Que amo...
Que ela não me engane,
Fazendo eu desistir

Que minha memória não leve o amor
Que deixe tudo no mesmo lugar
Minhas lembranças, flores e meus perfumes...

Que eu pense sem voltar
Que eu venha
Sem deixar de olhar pra você
E que o mundo
Me entregue e me deixe lembrar
De todos os segredos
De todas as alegrias que senti
Com o vento, com a brisa...

Quero estar perto de você,
Para poder viver aqui, sentir assim....
mais perto de você

Que minha memória
Deixe eu criar bolhas em minhas estrelas,
Como redoma, para entender,
Para poder proteger o que poderia ser pior

Quero em minha memória
O amor que sinto
O perfume que deixou
O som das notas flutuantes
Entre vinho e poesias
Em versos narrados
Com a vida que vesti...

Quero em minha memória,
Todos os instantes que vivi
Em todos os sorrisos que recebi

Quero, minha memória!

Dú♥Karmona®

À Flor da Pele



À Flor da pele..

“... No abismo guardado 
Em minha memória
Trago acertos imperfeitos
Vontades absurdas
Um jeito meu de querer...
De ser... à flor da pele!

Dú♥Karmona®



27 julho, 2013

Tudo certo!! - Feliz niver Fê!!




Tudo certo!

É tão lindo poder ouvir sua voz,
Se perder nesse seu abraço,
E pensar que algum tempo atrás
Só balbuciava
E mal cabia em meus braços

Ah! menino sempre travesso
Que me fez virar do avesso
Pra poder entender
O porque de querer
Do seu jeito aprender
Ah! como é bom poder ouvir
Sem nenhum esforço pra entender
O que aprendeu a pedir
E dizer com um sorriso, depois de sumir,
Que estava logo ali...

E o que aprendeu
Foi me ensinar com seu sorriso mais lindo,
Com seu olhar mais brilhante
Confirmando quando digo,
Depois de um abraço
Que 'tudo vai dar certo'
Sim! tudo certo!

Feliz aniversário Felipe!

Dú♥Karmona®

Recanto das Letras

09 julho, 2013

Pensamento ... ( XXXV )


Pensamento ... ( XXXV )

'...tinha o dom de se afastar de lugares
que nunca encontrara
só para que a vissem... '

Dú♥Karmona®




27 junho, 2013

Pensamento ( XXXIV )


“ ... Não viera até aqui para ser nocauteada...
Sabia disso!
Mas as correntes que a machucam...
Feitas de versos
Versos puros
Não se rompem com olhares... “


Dú♥Karmona® 

Recanto das Letras 

12 junho, 2013

Feliz Namorado dos Meus Dias ...

          Feliz Namorado dos Meus Dias...
Lindo Namorado
Cúmplice dos meus pecados...
E de um amor exagerado...
Namorado Lindo
Cúmplice dos meus dias
Que vive em melodias...
Suspiros e sussurros,
Segredos e certezas!
Apaixonado...
Feliz namorado
Dos meus dias...
Cúmplice da minha vida,
Dos meus amores...
Exagerado, intenso.
Que vive em minhas melodias,
Em minhas poesias...
Em minha inspiração!
Dia dos Namorados,
Eu Vejo todos os dias,
No seu sorriso antigo...
No seu jeito de me olhar...
Da sua Paixão,
Que vira poesia.
Vira Presente em Nosso Dia
Presente difícil de se ganhar!!! 
Dú♥Karmona® 

08 junho, 2013

Perdão!
























Perdão!
Peço perdão à vida
Por não entende-la
E tentar mudar minha sina

Por ser uma espécie precisa
E achar que ser normal
É o ‘ser’ depois de sonhar

Voar sem asas...
Ter um lugar pra ir
Mas só se for ‘só’
E amar tudo isso
Enquanto em minh’alma
Esconde-se...
E só escapa quando a dor é maior

E quando espero por nada
O que tenho não escuto...

Peço perdão
Pela minha historia
Por tentar tanto
Fazer-me feliz
Por preferir ver só flores
E deixar essa vida passar
Sem encontrar a canção certa

Peço perdão
Por pensar em ir
E não voltar,
Nunca mais!
Dú♥Karmona®

Recanto das Letras 

07 junho, 2013

Confesso



Confesso

Quero-te aqui...
Porque esperei, doendo,
E você não passou
Senti no leito da solidão
O mistério que não revela
O segredo que não me contou
O esquecer que tentei
E você, não passou...

Confesso
Quero-te, aqui...

Dú♥Karmona®

                Recanto das Letras

Amor ... ( V )


        
          Amor... ( V )

          Conte tudo amor...
          Tudo que deixou de dizer
          Enquanto ouvia
          Enquanto me esperava...

          Conte tudo que pensava
          Quando eu só pensava em você
          Quando passava e você ficava
          Ao meu lado, mas ficava

          Aqueles segredos guardados
          Aqueles versos declarados
          Todos a sua espera...

          Conte tudo, amor...
          Enquanto agora,
          Eu tento esquecer...

          Dú♥Karmona®

             Recanto das Letras

30 maio, 2013

Sensações ...




Sensações...
" Fica assim, tão apaixonado
Com o amor que sente
Que nem percebe que ele passou...
Que já ‘sentiu’ e nunca terá
A mesma sensação com aquele amor...
Tenta recuperar aquele tempo, sintonizar ...
Enada vê na simplicidade de seu tempo...
E procura em todas as canções,
Em todos os versos...
Complicando com o tempo,
sem rimar, sem ser a canção
Do amor que toava naquelas noites...
Fique com as sensações,
elas permanecerão!
Mesmo ficando só...
Elas permanecerão!
Quando isso entender,
Estará libertando o amor...
Refém até então de suas sensações
Sem sintonia com esse tempo.
Vá, viva! E ame de verdade... e, seja feliz!
 
E eu? Eternizando sensações... "
Dú♥Karmona®

24 maio, 2013

Declaração ( II )


Declaração
Declara assim aquele amor...
Da mesma forma que ouvia
Declara assim agora nessa canção que ouço
Que morro de amor assim
E se for de amor que seja agora,
Em boa companhia...
Dú♥Karmona®
                      Recanto das Letras

20 maio, 2013

Vida!



Vida!
Foi muito bom chegar até aqui...
Mesmo com o tempo pedindo pra ficar
Passando tão depressa...
Entre ‘espinhos’ e ‘flores raras’
Entre tudo que carrego e que ainda quero!
De tudo e um pouco mais
Dessa vida que não para!
Dú♥Karmona®
Recanto das Letras 


12 maio, 2013



Mãe ...


“ Nada pode ser comparado a Mãe...
Nem mesmo a rima de uma poesia
Nenhuma palavra rima com a palavra Mãe
Somente uma palavra chega quase perto...
Também tem três letras
E até o acento ‘til’ e trocando-se somente uma vogal
A letra ‘e’ é substituída pela letra ‘i’, de 'incondicional'
Trocando-se também a posição, para a primeira: ‘IMÃ’
A mulher que atrai a vida e a esse amor incondicional
De ‘ser’ Mãe... ”

Dú♥Karmona®

11 maio, 2013

Ser ... ( II )



Ser ... ( II )
Parece que cheguei da minha juventude, do tempo que não tinha tantos sonhos concretizados, nem adormecidos...
Os rostos, as risadas e o que sentíamos ainda intáctos, junto com as dúvidas que ainda permanecem com as escolhas já feitas...
Entre os sinais, o som tão igual, como se estivesse em um ‘colo macio’ protegida desse tempo que foi e que ainda insiste em ficar...
Encontro com identidades que fitam nesse tempo nos dando a certeza de que precisamos continuar, agora!
E uma lacuna, um espaço que brilha sem nos dar a certeza de que veio, de que está... mas sentimos tão perto e tão igual quanto aos nossos sonhos...
E sentirmos o que ainda ‘somos’...

Dú♥Karmona®
Recanto das Letras

04 maio, 2013


Você! ( V )

“ ... Você é uma das poucas pessoas
que consigo ver nesses instantes,
nessas sensações boas que temos
quando enxergamos o que realmente
vale a pena... “

Dú♥Karmona®



03 maio, 2013

Pensamentos ...



Pensamentos...

“A gente não pode deixar que nada exterior 
afete o que a gente sente aqui dentro, 
pelas pessoas, pelos instantes e que 
de alguma forma eternizam.
E só o que levamos, sensações...
Fico triste quando alguém, 
no meio destes instantes, 
tenta passar o que não é,
o que não sente e de alguma forma 
tenta mudar a gente...
Fico triste! “

Dú♥Karmona®






Fique ...


Fique ...

" ... não mude... não se deixe ir além
do que não existe em você...
a noite está linda hoje! "

Dú♥Karmona®




02 maio, 2013



" Não me prenda!
Assim, não poderei voltar... "


Dú♥Karmona®


28 abril, 2013

Reflexão ... ( II )



Reflexão ... ( II )
"E essas coisas continuam acontecendo...
E ainda tem gente pra assistir
Platéia no engano, fascinada pelo encanto da utopia...
De aparências e sorrisos amarelos...
E eu aqui do canto,
assistindo o excesso de amor próprio em egos gritantes,
a falta de tudo e tanto... "
DúKarmona®
 
Recanto das Letras 

14 abril, 2013

Inconstância ...




        Inconstância
Como resgatar meu sonho que se perdeu 
No tempo sem esquecer-me lá?
Preciso voltar pro meu resgate, 
Senão, como viver nesta vida que reluta em caminhar
E abrir as portas?
Preciso viver o que sinto 
mas se confunde na minha escolha...
Volta como uma espada, 
finca em meu peito e me mata
Um pouco a cada dia... Será melancolia?
E morre aos poucos o que sinto em mim
Sem morrer de verdade o que sinto por tudo
O que me persegue entre a distância dos meus sonhos
Mas me deixará viva para quando morrer de verdade
Continuar existindo... 
Dú♥Karmona®



Paz ...



Paz...

" ... quero a paz que não vêm sem você... "


Dú♥Karmona®

30 março, 2013

Continuar...


Continuar...

Mesmo que meu pensamento tente dormir
Mesmo que a multidão ao meu redor não apareça
Ate mesmo quando sentir que ainda quero!
Não tentarei saber o que me espera no final...
Vou continuar acreditando em meus sonhos
Continuar a desejar forte para fazer acontecer
Sem esquecer jamais o que tenho!
E o que ainda tenho para viver...

Dú♥Karmona®

Recanto das Letras 

 

24 março, 2013

Sonhos ...



 
Sonhos...

Quando tinha todo tempo pra poder viver
Quando podia sonhar tudo que queria ter
Quando achava que era o fim
E era na verdade o meu começo
Eu pensava que deixar ir
Era deixar acontecer
Pensava que ficar
Era escolher viver

Hoje, já não tenho todo tempo
Mas recomeço para poder ficar
Faço acontecer para poder acreditar
E escolho ter todo sonho
Que eu conseguir sonhar

Dú♥Karmona® 

Recanto das Letras

Olhar ... ( II )



Olhar... ( II )

Olhar de luar
De fases
De olhares
Cheiro de ceu
Nesse olhar
De estrelas
De encanto
Perfeito olhar
Amor perfeito
Nesse olhar...

Dú♥Karmona®

Recanto das Letras

09 março, 2013

Meus versos...

Meus versos...

Que meus versos,
Que já não lhe vestem mais
Lhe sirvam de solidão!

Que minha solidão,
Que já não me cabe mais
Me sirva de saudades...

Que o silencio do luar
Que já não nos escuta mais,
Nos sirva de companhia...

Que minha memória,
Que já não me serve mais
Lhe sirva de lembrança...

Que meu amor,
Que também não me cabe mais
Me sirva de versos e rimas...

E que meus versos,
Que já não me escutam mais,
Devorem minha solidão!
Em versos meus...

Dú♥Karmona®

Recanto das Letras 

04 março, 2013

Vem ... ( II )

Vem ... ( II )
 
Vem enquanto tudo aqui revira o que sinto
Enquanto ainda não amanhece
E a dor aqui aumente...
 
Vem enquanto ainda tenho aqui as flores
E as que deixou
Em todos os lugares por onde eu for
 
Vem, que eu ainda tenho o seu melhor
Que este tempo não será depois
E nem nós ‘seremos’ sem nos dois...
 
Vem se ainda quer saber do meu amor..
 
Vem ...
 
Dú♥Karmona®

Recanto das Letras

02 março, 2013

Março...


Março ...

“ Que Março traga as flores que os últimos meses me tiraram...
Que a verdade prevaleça sempre! Mas não precisa ter dor...
Que Março mantenha as pessoas falsas em ‘seus mundos’, bem longe do meu!
E que as ‘histórias’ sejam muito bem contadas!
Amém! “

Dú♥Karmona®

01 março, 2013

Bem vindo Março...


Bem vindo Março...
“ ... e que as chuvas façam virar oceano
o que ainda sinto em teu olhar...  no meu!”

DúKarmona®
 

16 fevereiro, 2013

Vem




Vem

Vem fazer-te meu
Em noite de lua cheia
Onde a magia perpetua
Em um enlace especial

Vem fazer-te meu
Traga o perfume de jasmim
Explore meus desejos sem fim
Colocando todo teu querer em mim...

Vem fazer-te meu
Corpos sedentos de prazer
De loucuras e desejos sem recato
Regado a vinho e pecados...

Vem fazer-te meu
Nessa noite de lua cheia
Com perfume de jasmim
Libertando nosso querer sem fim...

Vem fazer–te meu
em meus lençóis de cetim...
 Penélope Lsteak & Dú♥Karmona®

Recanto das Letras
Penélope Lsteak