29 maio, 2010

Além ...

Além ... 

" ...Era ela assim, não adiantou: esperou, olhou...

E intacta fingiu sentir em outro lugar...
Mas a visão era ampla, não tinha engano...
E sem se mover saiu...
Saiu e ficou em seu interior com vozes gritantes
Em ecos no seu pensar...
Sem entender sentiu, como se aquele mundo lá fora doendo
Não permitisse ficar...
E gritou mais alto que as vozes, e buscou um outro lugar...
Deixou o que quis ficar e levou tudo o que foi...
E seguiu além, muito além
Daquele lugar...


Dú♥Karmona®