22 fevereiro, 2010

Surreal ...


























Chegou assim
Entre poesias, rosas...
Perfumes... músicas
Depois, despi-me de fatos
De 'nãos' e 'porques'...
E nem sei mais 'o que'
Mas ficou um rosto, um olhar
Que não consigo esquecer...
Um sussurro em meu ouvido
Transbordando de querer...
Sonhos... fantasias...
Talvez magia...
Que transforma em poesia
Sem de fato ter
Surreal? talvez... então...
Entre razão, emoção
Musicas, rosas e batons...
Rasgo minh'alma entre escolhas
E me embriago de poesias...


Dú♥ Karmona ®