22 outubro, 2015

Pensamento ... (50)


Pensamento ... (50)

Ela chegara, enfim, chegara
Queria somente o perdão:

Perdão pelas palavras mal ditas e pela culpa dada
Tentando dividir o peso que somente ela poderia carregar;
Por querer dividir uma dor que lateja e embaralha a memória ...
Por não conseguir decifrar e insistir em dividir o que era só dela...

Perdão, por tentar medir e comparar a dimensão de um instante
e não sentir a ausência de sintonia. Impossível de tocá-lo ou ouvi-la...

Perdão por não conseguir conter o que desacreditava desde sempre
mas que pensava em querer dar a si o que mal foi visto
apesar de carregar consigo...
Perdão por não estar aqui, e se assim a perdeu
e por ter lhe arrancado dos seus versos, agora tão somente dela...

Ela tentara traduzir sensações milenares, mas que tão pouco acreditara, apesar de ser também sua veste...

DúKarmona®