25 fevereiro, 2009

Quero estar só ...

" ... Sinto-me em uma vitrine ...
Exposta, de alma descoberta...
O som que emito de minha garganta,
Já sem forças, está só.
Antes, em passos sincronizados
Em cenário com essência
De todas as flores
Revelando nossas cores...
Odores e dores...
Parecíamos ser tão iguais...
Mas não ouviu-me...
Agora, estou só e inerte,
Mas quero estar alheia,
Fora deste lugar de olhos,
De bocas falantes e mentes inquietas...
Quero só ouvir o meu pensar... "

Dú♥Karmona®