08 janeiro, 2015

Algo assim ...





Algo assim...

Algo assim
Sem claridade
Sem caminho
Sem saber se sei
Largado ali, naquele canto
De canto com o destino
Naquele deserto
Repleto de saudades
De músicas e sons açucarados
De noites brilhantes e dias quentes
Lembrança de dia azul
De instantes um pouco antes
De tudo se acabar...

DúKarmona®