31 janeiro, 2015

Ah! Se pudesse ...


Ah! Se pudesse...

Ah! Se pudesse ouvir
A tristeza que ficou
Em nossa casa vazia
Que não me guarda mais...

E não guarda
Meus sonhos
Nem aquele abraço
Que não tenho mais...

Ah! Se pudesse sentir
O que a vida grita
Aquele amor no peito
Preso, que não lhe serve mais...

E que não cabe direito
Nem do lado esquerdo
Que transborda
O que não preenche mais...

Ah! Se pudesse cantar
Ouviria a tristeza
Aquele amor que grita
O que não deixou jamais...

Ah! Se pudesse...

DúKarmona®