03 novembro, 2014

Espere!



Espere!

“Espere, eu já volto
Só vou até o lado de lá
Ver se tudo realmente existe...
E vou levar o que não pôde existir
E deixar lá, bem do outro lado...
Espere, eu já volto
Se quiser ir comigo
Mas, quando eu voltar
Vai ter que ficar lá...”


DúKarmona®