22 novembro, 2009

Riso Seu ...



"... Ainda tenho aqui uma porção de risos seus,
Roubados, e não devolvo não!
Deixo no bolso  que faz tum-tum...
Assim existo um pouco mais... "



Dú♥Karmona®

21 novembro, 2009

Caminho...

“Venho de muito longe e não me lembro mais o que me prôpus a
fazer quando sai não sei de onde.
O que sei é que têm um sentimento muito forte que me atrai a àquela direção, é minha alma que intui.
Mas talvez se parasse um pouco, um pouco que fosse, para ouvir o
vento, eu perderia a direção, a sincronia.
Parece que procuro por algo ou que sou esperada por alguém.
Não sei quem, mas quando penso nisso, sinto a ausência,
minha solidão aumenta e minha alma, agora perdida,
quase esquecida, lamenta a distância de onde vim,
sem saber o que deixei e, nem o que me espera...”

Dú♥Karmona®

20 novembro, 2009

Vêm para mim



























Vêm que o tempo passa...
Vêm para mim...
Mesmo que seja agora
Nesse futuro tão longe
Longe da nossa juventude...

Vêm para esse momento
Sem pensar na vida
Que ainda não vivemos...
Mas vêm... Mesmo se for agora...

Mesmo sem ter dito palavras...
Palavras que esperei ouvir...
Num momento que não existiu...

Vêm... Agora para esse momento
Que ainda não vivemos
Vêm... Agora para essa vida
Vida que não vivemos, mas
Que ainda pode ter momentos

Quero te ouvir...
Mesmo sem tempo
Sem tempo para contar o que vivemos...
Mas vêm...
Para curtir esse momento
Porque um dia me deixei
Para viver nesse momento...

Dú♥Karmona®

14 novembro, 2009

Olhar feito Canção ...

























Com seu sorriso de menino travesso,
Entre meus sonhos brincou
Me fez de abrigo todo seu sentir
E de minha vida toda, meu amor...
E hoje diante de você, todo meu pensar,
colorido de flores, arco-íris e amores...
Viram rima de poesias,
feito melodia que me ouve...
Assisto seu olhar feito canção
que acalenta minh'alma,
Faz o amanhecer em seu sorriso
e traduz o sol de todo um verão...


Dú♥ Karmona ®

Perdida Solidão...




Perdi a solidão...
Sem achar no barulho da chuva
No pingo de estrela
E nem no por do sol...
Agora não tenho perdão...

Perdi a solidão
Como um sopro que ouvi
Como se estivesse ali
Assistindo a vida que vivi
Com tanta emoção

Perdi da solidão
Um beijo na lua
O silencio da rua
E toda minha inspiração...

Perdi na solidão
O som do silêncio
A paisagem alterada
A canção antiga
Na voz que me guiava
Com tanta emoção...

Solidão perdida
Nesta minha paixão!


Dú♥Karmona®

08 novembro, 2009

Eco no silêncio



"Parece que tem uma casa de abelhas na minha
cabeça junto com a criação de minhocas falantes...
e como elas são barulhentas!
Fazem eco no meu silêncio e gritam meus segredos..."

Dú♥Karmona®



07 novembro, 2009

Minha Solidão ...





















Nesta solidão que insiste
Em deixar a criança que fui,
Entre olhares como sol que encendeia...
E sons desconexos para tanta
Ingenuidade, tanto querer que ficou...
Deixei lá... bem onde um dia
Assistia... entre paisagens certas
E uma vontade louca de querer
Contar como doía o meu sentir...
O meu amar... de dentro pra fora
E que a cada dia tudo aumentava
Como o som desconexo que também
Insistiu em ficar...
De fora para dentro,
Aflorando minha solidão...

Dú♥Karmona®

02 novembro, 2009

Saudade...



























" ... Quando penso que já foi...
Volta e rasga, sangra e doi!
Nem sei onde está, sei que ficou...
O que ficou... é mais q a dor...
Dor da falta, da perda...
Ficou um vácuo que me devora...
E tento sentir o que deixou
Para estancar toda esta dor... "


Dú♥Karmona®