21 novembro, 2009

Caminho...

“Venho de muito longe e não me lembro mais o que me prôpus a
fazer quando sai não sei de onde.
O que sei é que têm um sentimento muito forte que me atrai a àquela direção, é minha alma que intui.
Mas talvez se parasse um pouco, um pouco que fosse, para ouvir o
vento, eu perderia a direção, a sincronia.
Parece que procuro por algo ou que sou esperada por alguém.
Não sei quem, mas quando penso nisso, sinto a ausência,
minha solidão aumenta e minha alma, agora perdida,
quase esquecida, lamenta a distância de onde vim,
sem saber o que deixei e, nem o que me espera...”

Dú♥Karmona®