16 novembro, 2012

Silêncio ...

 
Silêncio ...
 
" ... Cessou o som, cessaram
os olhos... a boca ...
Agora meu movimento está inquieto
Sigo o som do silêncio ensurdecedor
A procura do que a salvo está...
Do que permitiu ficar.
E prossigo no caminho do vento..."

Dú♥Karmona®