31 agosto, 2012

Saudade que Dói... ( II )


Saudade que dói... ( II )

Diga a ele que aqui, comigo,  está tudo bem.
Só têm um vazio em seu lugar
que nada nem ninguém consegue preencher.
E que se não fosse a poesia
eu morreria um pouco a cada dia.
Que uns dias, doía uma saudade tão grande
que pensei não conseguir ficar aqui...
Com essa falta, com esse vazio...
Mas aos poucos fui me acostumando
com essa saudade que dói
Vejo o tempo passar,
as coisas acontecerem ao meu redor...
Talvez tenha outras perdas até chegar a hora
ou talvez seja a hora antes da perda...
O que sei agora, é que vou doendo...
Ou melhor:
Diga a ele, que sinto saudades... "

Dú♥Karmona®