02 julho, 2017

Saudade...



Saudade...

E prendo essa saudade sem partida
Em meu peito dolorido, reprimida
Por tudo que pensei ter sido
De tudo que tentei ter...
E sem 'meu tudo'
Ficou um abismo
Entre o tudo que pensei ter 'sido' ,
Do tão pouco que de mim levou,
e o tudo que em mim deixou...

DúKarmona®