16 fevereiro, 2015

Nossa Manhã ...



Nossa manhã ...

Manhã de verão
Linda como uma canção
E em minhas mãos
Seu violão...
E em tua voz
Beijos perdidos
Talvez roubados
Pela canção

DúKarmona®

Nossos Olhares...



Nossos olhares...

Em meu olhar,
Que sorri pra você
Está minha poesia
E me faz sorrir por aí

E meu olhar,
Que sorri pra você
Quebra o silêncio da canção
Do teu olhar, no meu...
Que diz tudo que não diz
Nesse jeito que fiquei
Quando meu olhar
Sorriu pra você...

É meu olhar quem diz
Que o céu seja aqui
Nessa noite que sabe
Que a canção que toca em nós
Transborda poesia
Pela fenda que se abre
Rimas em sonhos trocados
Que toca em nós
Nesse ‘nós’ que estamos sendo...
Em nossos olhares!


DúKarmona®

Recanto das Letras

Olhares ...



Olhares...

Não deixe que eu fuja
De tanta coisa que tenho pra dizer;
Da lua minguante
Que falta um pedaço
É como fico
Quando de você, escapo!

Não deixe que eu fuja
Antes de dizer
Que tornei a nascer depois de você
Que quero trocar meus sonhos
Sem ter que respirar na sombra da luz
Que em minha escuridão
Você se fez minha luz
A luz do meu olhar...

Não deixe que eu fuja
Sem encontrar o meu olhar no seu...
Não deixe que eu fuja
Sem ter o meu olhar, no seu...


DúKarmona®



Solidão (19)


Solidão (19)

Pronto! A tempestade passou...
E levou toda aquela angustia que me ocupava
Bem no espaço reservado para a solidão que você deixou
Agora, está a lua brilhante lá no céu,
Prometendo ficar ate o sol nascer...
Mas ficou um vazio que nada mais preenche

As flores não sinalizam mais o caminho
As estrelas ficaram espremidas
Entre a saudade que ficou

Aquele dia já esquecido
Ficou junto com o seu jeito manso de ser
E olhar de estrela,
Ficou uma névoa de pensamentos
Contradizendo a tempestade que passou...

E passou?!


DúKarmona®



13 fevereiro, 2015

...



" ... se não queria 'a primavera', por que enviou as flores? ..." 
DúKarmona

01 fevereiro, 2015

...




...

“Bocas, palavras, insanas!
Olhos, ouvidos, palavras não ditas...
Ouvido, barulho, silêncio!
Um grito no canto esquerdo...”

DuKarmona