29 outubro, 2014

Sua vida em uma Canção




Sua vida em uma Canção

Vida em outra vida, direito de nascer!
Versos, anjos e acordes tocando à vida
Amor perfeito em festa,
Cantando você
Em uma canção de ninar,
Deixa um caminho de flores
E o sol que desponta no horizonte reluz você

Como meta um amor exagerado,
Tocando a todos, arrancando aplausos de uma multidão.
Gols, títulos e declarações,
Nada em vão

Solidão calada nesse mundo
Que lhe oferece brilho e amor
E entre seus amores, o primeiro
Paixão singela entre glórias e vitórias,
Seu retorno e despedida
E se transforma em recomeço
De tantos outros amanhãs
E quando o som do silêncio
torna sua vida melodia
Canta sua maior missão:
De transformar o mundo  
(o seu mundo) Em uma canção...

Um acorde de versos inspirado por anjos
Em cada nota sentida, como se fosse tudo
O tudo que ouviu, O tudo que viveu
E o tudo que ainda está por vir

E entre jogadas da vida,
O seu maior concerto:
Querer dividir, o seu mundo
Para o mundo que escuta
Driblando a vida
Com sua essência e sensibilidade

E entre estradas e ventos
Uma Orquestra de sonhos
Embaixadas e um caminho de flores
Que realiza sonhos e educa
Conquistando direitos
Incluindo diferentes paixões

Em sua vida perpetua seu legado
Ao mundo sua vida, um troféu
E mesmo quando se for
Ainda assim será lembrado
Sua vida, na memória
Em cada nota sentida, toda sua história
Sua história,  em uma canção...


DúKarmona®


Obs.: texto inspirado na historia de vida de Julio Cesar de Souza que é um exemplo de vida e superação... E que nos passa que “ não devemos chorar as adversidades, mas sim encontrar nelas uma forma de crescer e evoluir ”. Jogadas da Vida


20 outubro, 2014

Amor (do Poeta)



Amor (do Poeta) 

" Sou o teu Amor, tua paixão, tua emoção: 
Sou o reflexo da lua no mar... sou tua lua nova. 
Sou o exagero do céu em noite de lua cheia 
Sou tua estrela cadente, cumprindo teu desejo ardente 
Sou a brisa do mar e trago tua inspiração
Amor cantado em versos, em forma de poesia...
Faço parte de toda tua arte,
Viro poesia e até uma canção...
Sou o Amor do Poeta exagerado
Intenso em versos e escritos com paixão
Sou a dor do amor sentido e entregue;
Dor desnuda que faz virar Amor numa canção.
E vivo da tua paixão... Sentindo tua emoção.
Sou tua inspiração, e viro poesia e até uma canção.
Sou o Amor do Poeta que fala com a alma
Entre palavras e versos, revelações...
Sou o Amor do Poeta,
E tua inspirada solidão... "
DúKarmona®

20/Outubro - Dia do Poeta 
A todos os Poetas e Amigos da Poesia,
meus Parabéns!
E para cada Dia, uma Poesia!

11 outubro, 2014

Sim!



Sim!

" Sim, eu aceito!
Aceito seu presente, com fitas e laçarotes
Com perfume de baunilha
E um olhar feito céu,
Feito canção
Em todos os meus dias ...
Como uma visita, pra sempre!
Bem do nosso jeito!
Sim, eu aceito! "


DúKarmona®

07 outubro, 2014

Solidão ... ( 18 )



Solidão... ( 18 )

E essa solidão sem pressa
Alojada em mim
Como uma visita pra sempre
Toma conta do meu eu,
E sem pressa fica
sem escapar um minuto
Deixa seu nome tatuado
Na minha memória
E assim você fica,
É assim que fica
Sem reparar em mim
Mas fica!

DúKarmona®


Recanto das Letras