23 fevereiro, 2012

Quem Sou ... ( II )

 
Quem Sou ...


" ... nem sei quem sou

quando minha ira escancara meu mundo
e o poder do amor em mim ... "

Dú♥Karmona®
 
 
 
 

22 fevereiro, 2012

Silêncio ... ( IV )


Silêncio ... ( IV )

" O silêncio se fez!
E no peito uma pedra barulhenta perpetua...
O amor intenso esquecido
e a jura secreta revelada...
Silêncio! 
Virou pedra dolorida ... "

Dú♥Karmona®
 
 

21 fevereiro, 2012

Pensamento ... ( XXIX )

 
 
Pensamento ... ( XXIX)
 
" E ela pensara em não existir
para matar o que sentia em seu interior...
Não queria aquele olhar mudo...
Queria esquecer o que vivera,
mas já era sua a história.
 Nem o tempo quisera ajudar a não voltar...
Tão difícil sorrir nessa tempestade de olhares mudos...
E mesmo pensando em não existir,
escolhera seu melhor sorriso
E plantou sorrisos em vitrines encantadas...
Sorrisos escancarados,
quando na verdade o que queria,
era chorar gritos!
Sorrisos expostos entre os doces suspiros,
açucarados...
Entre os delicados olhares...
Mudos!
E ela que pensara em não existir..."
 
Dú♥Karmona®
 
 
 

20 fevereiro, 2012

Solidão ... ( IX )



Solidão ...

" Bem lá no fundo
aquele desejo sonhador...
Não, não posso mais
divertir a minha solidão
Não é real, não seria leal
Preciso ficar aqui...
Não posso seguir meu desejo
sonhador!
E no vazio da minha noite
abraço minha solidão... "

Dú♥Karmona®
 
 
 

Eu em Você !



Eu em Você!

" ... Quanto mais eu tento não existir

mais você existe em mim...
Quanto mais eu tento seguir,
você permanece comigo...
Mas não fique mudo de olhares...
não siga meus passos...
Sinta! Exista no meu Eu em Você e
caminhe ao meu lado... "

Dú♥Karmona®


Recanto das Letras

Eu ...



Eu...

" Talvez seja minha historia dentro da história deles

que me deixa assim, só de mim mesma...
Entre tantos, mas só, vislumbrava a infância da fresta da janela,
talvez seja por isso meu gosto por janelas.
E minha história, ainda sem fim,
desvendo em meus segredos, só em minha memória.
Resgato do tempo, azaléias, rosas brancas do meu jardim,
meu quintal prateado com o luar.
Sinto o som distraído, sem dar conta dos ecos gritantes
que tentam dominar as minhas janelas...
Sim, talvez eu seja, minha história contada dentro da história deles...
Sim talvez eu queira ser, assim talvez,
possa saber um pouco mais, de mim... "
 

Dú♥Karmona®

Recanto das Letras 

 

Sou ...




Sou ...

" ... Sou o estranho que tua voz canta!
E não quero viver com 'isso'
porque sou o que sinto,
sem mito! "

Dú♥Karmona®

19 fevereiro, 2012

Pensar ...



Pensar ...

" ... Vou pensar baixinhoo, para não acordar meus 'eus'
Talvez assim encontre uma idéia,
ou uma saída para me salvar,
de mim... "

 Dú♥Karmona®


15 fevereiro, 2012

Ser ...

      

      Ser... 

       " Continuo, mesmo doendo aqui
      Não posso deixar de ir, de ser...
      Preciso viver!
      Mesmo com essa ausência
      Mesmo com essa presença
      que ficou em mim,
      que me deixou assim...
      Preciso ser...
      Devolva-me,
      Preciso existir! "

      Dú♥Karmona®


      Recanto das Letras 

11 fevereiro, 2012

Tão longe ...


Tão longe...

Tão longe sem fim
Saudade sem fim
Tão longe assim
Saudade assim
Tão longe de mim
Saudade de mim
Tão longe ...
Saudade...
Mudou de lugar!

Dú♥Karmona®

10 fevereiro, 2012

Quem será



Quem será

Quem será você
Que seria para a vida inteira
E que não amadureceu comigo?
Antes que meu sorriso envelheça
Não se esconda, apareça
Você deve saber me amar
Onde estiver estou a lhe esperar
Mas venha antes que eu me esqueça
Não fique longe de mim ...
Onde será o seu lugar?
Não é fácil saber
Mas temo não reconhecer
Quando lhe encontrar ...
Não sei se chegará
Ou se tenho que ir buscar
Seu olhar irá lhe entregar
Para o meu sorriso que perpetuará
Tatuado na minha alma
Alma de poeta
Que não sabe viver
Sem amar

Dú♥Karmona®


Recanto das Letras



09 fevereiro, 2012

Reencontro ... ( II )

 
 
Reencontro...


" O tempo silenciou

Instantes guardados
Transformados em momentos
inesquecíveis
construindo histórias,
nossas histórias...
Nossa memória (quase) intacta.
Estávamos ali , juntas!
Nós com nossas cicatrizes...
Doloridas ou não
Só sentimos...
Assuntos adormecidos
doce, como suspiros...
Nossos trajes em bagagens,
nossas alegrias em porções
enraizadas em vidas
cheia de sonhos ainda...
Sentindo nossas histórias e,
uma presença no coração ..."

Dú♥Karmona®


Recanto das Letras 


Dedico às minhas amigas:
Eliana Marcia Pelegrine Prado, Eliana Piovesan, Rogéria Blanco, Rosângela Spina e à 'Estrela' Nancy Nazaré Zeidan (in memorian)