27 março, 2011

Estou Aqui...

























Estou Aqui ...

"Estou aqui de joelhos, trêmula,
Despida de mágoas, de títulos, sem didáticas.
Descalça, de boca serrada, ouvidos atentos,
Coração aberto, em mais uma Primavera.
Quero agradecer  meu jardim Florido de Rosas,
Que exala essências de anos vividos
e todas as cores e tantas outras a desabrochar...
Estou aqui vestida de sonhos, de vida!!
Querendo aquietar meu coração
Em mais um ano, para poder continuar...
E peço perdão, por não saber se tenho direito
Ao sol que carrego em meu peito
Que queima como fogo...
O fitar da lua, o brilho das estrelas...
O encanto do mar, o sopro do vento
Que me leva a cada amanhecer...
Estou aqui, para pedir perdão
Por não conseguir orar sem mostrar
a dor que sinto em meu peito...
Estou aqui, pelo meu egoísmo
De exalar o amor sem sentido,
Num mundo tão cruel o qual vivo, longe daqui...
Estou aqui, para pedir Perdão!
Por faltar à humildade e ter tudo que tento me despir
E me achar no direito de estar aqui..."

Dú♥Karmona®

20 março, 2011

Além de Mim...


Além de Mim...


 
" Sou o estranho que tua voz canta!
E me encanta.
Que vêm de dentro e fica para amar...
Sou o segredo oculto para muitos...
Sou o que sinto! Sem mito.
Não sou o que vejo no espelho.
Sou o desejo de um beijo, na alma.
Sou o reflexo que me acompanho sem calma.
Sou a minha alma sem fim.
Sou o Amor Eterno que insiste.
E me acompanho.
Sinto, sem mito, sem fim.
Sou tua, sou minha alma além de mim.
Sem fim... " 

 
Dú♥Karmona®

14 março, 2011

Sensações Lidas...



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Sensações Lidas ...

Escrevo assim porque não me caibo
Sinto mundos em mim deixados
De onde vim ...
Não me pergunte assim como faço
Porque só sei o que sinto e é tão rápido
Que muitas vezes me escapo

Dizem que poeta é assim...
Sinto além de mim,
E fico nua de mim
Quando em palavras
Revelo meus segredos
Fragmentados ..
Em sensações lidas...

E entre retalhos de mim,
Leio as sensações
Da noite enluarada,
Do entardecer com pingos de estrelas...
Entre chuva, ventania e brisa
E dou formato à poesia
Tornando a vida mais amena...

Deixo a quem não viu
O meu retrato...
E em forma de poesia
Tudo que senti
Quando vestida de vida,
entre sensações lidas
Tento o meu resgate ...

Karmona®

Dia Nacional da Poesia - 14 de Março



E... Parabéns à Poesia de cada dia!!
bj na alma!
Dú♥

*** Imagem retirada da internet.


13 março, 2011

Lembranças ?!



Lembranças ?!

' Lembra dos doces suspiros,
dos versos ingeridos
em resposta aos seus.
Nem espera, sem motivo de ficar,
em continuar distante.
Ficou com os versos,
mesmo com tudo inverso...
Sim, sentiu!
Em versos,o tudo que esqueceu...'

Dú♥Karmona®


Paz...



Paz...

" ... Na verdade, eu quero a paz
que essa insegurança tumultua...
Quero dormir p'ra acordar quando quiser... "

Dú♥Karmona®

Esquecer ...



 
 Esquecer ...

 ' ... E ela se guardara,  

com tanta força que esqueceu!  
Esqueceu do que se afastou.  
Esqueceu o que não amou  
e sabia do que sofreu,  
mas queria continuar existindo e  
novamente, esqueceu ... '
 

Dú♥Karmona®

Desejos ...






Desejos...

'... tem um sussurro
em meus pensamentos
agora , desejando gritar.
Está perto do sol,
mas desejando as estrelas...'

Dú♥Karmona®


12 março, 2011

Pensamento ... ( XVII )




Pensamento ... (XVII)


"... E aquela voz suave a dizer ternuras...
Aquele toque que tudo muda
Aquele instante que fica
Aquele silencio em eco, gritante!
O tudo que se ouve em um abraço...
Ficou tatuado quando soube ouvir o que pensava..."

Dú♥Karmona®
 
http://recantodasletras.uol.com.br/pensamentos/2844131

Permita ...

 












 






" ... Permita que eu chegue e fique enquanto viver...
e que eu fique alojado em você
como uma visita pra sempre...
mas deixe a porta aberta... "

Dú♥Karmona®


04 março, 2011

Dor ...




 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dor ...
 
Não sei o que me sacia...
Tenho fome de vento!
E o que tenho é ventania...
Tenho fome de amor!
E nem o meu excesso mata...
Tenho sede de vida, de calor...
E vivo em chamas!
Talvez, se gritar bastante,
Faça a terra me ouvir,
Até sangrar
E regar a minha dor...

Dú♥Karmona®