30 maio, 2010

Só mais um pouco...
















"... Não é hora ainda...
Talvez seja só cansaço.
E se ficar assim, como Anjo
Ganhe da estrela um pouco do seu cintilar.
E consiga ficar mais um pouco,
Só mais um pouco ..."

Dú♥Karmona®

29 maio, 2010

Além ...

Além ... 

" ...Era ela assim, não adiantou: esperou, olhou...

E intacta fingiu sentir em outro lugar...
Mas a visão era ampla, não tinha engano...
E sem se mover saiu...
Saiu e ficou em seu interior com vozes gritantes
Em ecos no seu pensar...
Sem entender sentiu, como se aquele mundo lá fora doendo
Não permitisse ficar...
E gritou mais alto que as vozes, e buscou um outro lugar...
Deixou o que quis ficar e levou tudo o que foi...
E seguiu além, muito além
Daquele lugar...


Dú♥Karmona®

28 maio, 2010

Amo-te !!!


Amo-te!

"Diga o que preciso ouvir...
Seja você! Sem se conter...
Pois é assim que te amo!"

Dú♥Karmona®


26 maio, 2010

Amor que Juramos


























Dividi meus segredos
Até os mais ocultos
Investi na promessa
Do amor que juramos


Tentei guardar
O amor por inteiro
Amor forte que tomamos
E o futuro me reservou
Quando você se calou
Para o amor que juramos


Sofri sem omitir
E você foi o que quis
E revelou o engano
Que prometi


E o amor que juramos
Fez-me sofrer
Foi por engano
E me deixou assim
Sem nada dizer
Sem nada ouvir


E o amor que senti
Virou o nada que vi
Quando deixei de omitir
A ausência do amor
Do amor que juramos


Quando teve o que falar
Senti que o amor que juramos
Não virou nada mais
Que a dor que trocamos
Quando escolhi não ficar
Sem levar
O amor que juramos


Dú♥Karmona®

23 maio, 2010

Onde Vivo ...


" ... Mato meu modo de ser
Quando tento em palavras
Transformar o que sinto...
É tudo tão sem dimensão,
Tão sem razão de ser
Que sinto o quanto não sou...
E quando em mim tento
Reter o meu modo de ser,
Transbordo o que não me cabe
E assim é o 'quando' e 'onde' Vivo... "

Dú♥Karmona®

17 maio, 2010

Quem quer saber?




Foi uma junção de tudo;
Do que sabia e do que nem sabia existir...
Fugiu assim o controle antes tão presente...
Foi como se de tudo que pairava
Só ficasse o som colorido... escarlate!
Dourando talvez a alma...
Sim, daquela que existe e doi...
Doi e persiste em viver...
Insiste em ficar tatuado
E silencia um só sentir...
Para nunca mais saber!
E, quem quer saber?

Dú♥Karmona®

15 maio, 2010

Pensamento ... (III)



























" ... Como se seus olhos sempre estivessem lá,
Naquele lugar, enquanto tudo passava...
E carregava o mesmo sorriso
À mostra em sua boca muda...
Tudo voava a seu redor e ela cega naquele lugar...
Não queria a falta, então olhava... enquanto vivia.
Sentia e olhava...
Eram tantas as coisas que podia pegar,
Mas ela estava ali olhando
Queria poder sonhar, sem estar só
E sem dizer o que ficou.
Não queria respostas,
Só queria poder acordar,
daquele lugar... "



Dú♥Karmona®

11 maio, 2010

Alguém...



























Alguém ...

"... Alguém roubou meu sonho...
Sei que não deixei em lugar algum
Sei que era sonho de ser
Sei que sou, mesmo sem sonhar
Mas preciso dele pra poder continuar...
Mas alguém roubou meu sonho!
E minha solidão também..."

Dú♥Karmona®

07 maio, 2010

Pensamento ... - II


"... E ela assim assistia, sempre assistia...
Enquanto tudo queimava em seu peito
E tudo em eco em sua cabeça
Questionava, refletia e nada conseguia expor,
Era tudo tão rápido...
Ao mesmo tempo que era seu, era do mundo...
E esse cruelmente ensinava...
E ela, intácta, sem poder interferir...
E doia lá no fundo...
Remoia o que não podia ingerir...
E ingeria o que nem sequer pensava
E assim, doendo, existia..."

Dú♥Karmona®



02 maio, 2010

Anjo Caído


" Grita o silêncio...
Ferindo a alma!
Asas caídas,
Traídas...
Som do delírio,
Anjos feridos...
Palavras ao vento,
Areias em brasa...
Olhos sem alma...
Universo em chama!
Flores no mar...
Alma que clama!
Mãos vazias...
Coração ferido,
Anjo caído...
Traído! "


Dú♥Karmona®