25 abril, 2010

Amor Inventado



Amor Inventado

Um sonho bom
Tem que ser inventado
Porque tem que ser lapidado
Pra tirar toda dor
Daí invento o amor

Do amor inventado
Minha solidão vira poesia
E do brilho da lua
Tiro o teu Amor
Já sem dor

Sem perigo
Sempre inventado
Pra não fazer do amor
Um inimigo

Ando sob o mar
Pra sentir
O que se fez
Das ondas
E sinto o sabor
Exagerado
Desse amor
Inventado ...

Sem dor nem perigo
Pra não se fazer
Do amor
Um inimigo.

Mas o meu amor maior
O Intenso, Exagerado...
Que já nasceu comigo
Deixo guardado
Sem perigo

Dú♥Karmona®

21 abril, 2010

Outra Manhã ...

"... Outro dia, quase noite,
estava ela querendo viver
enquanto tentava esquecer
o que não quis levar...
Morria o dia
e ela em poesia
tentava ficar.
Mas ali, em seu interior
tentava também se levar
para outra manhã..."


Dú♥Karmona®

17 abril, 2010

Fico no Coração...


Em meus dias,
Fico de mãos dadas
Com minha mala,
Pronta para mudar...
Com tudo que senti.
Agora tenho que ir...
E me deixo
No espaço apertado
do teu coração...

Dú♥Karmona®

14 abril, 2010

Fique ...

   Fique mais um pouco
   Para escolher
   O que ficou...
   O que deixou
   Sem me avisar.
   E do que levar
   Deixando um beijo no lugar,
   Insira em nossa canção...

   Dú♥Karmona®

09 abril, 2010

Revelações


Confusa, queria me levar, mas,
Fiquei no mesmo lugar...
Ouvindo...
Parecia minha historia contada...
Antes presa em minha garganta
Agora ouço!
Som quase desconhecido,
Revelações de vida sentida,
Carência espremida entre estrelas
Esperando o alívio do novo dia...
Som no peito que se abre e
Transborda abraçando minha solidão...

Dú♥Karmona®

03 abril, 2010

Espera ...



" ...Espera agoniante e desta vez não ficou imóvel,
Andava de um lado para o outro, a espera de ouvir,
Ou até mesmo sentir o que esperava...
E ficou entre o amanhecer e a noite
E nada veio... enquanto isso, cantava,
Pensava em arco iris, nuvens, em luar,
Por do sol e estrelas...
Como queria o brilho delas,
Pelo menos por um instante,
E se aquecer daquele olhar...
Mas a falta do que esperava 
Não estava em nenhum lugar...
E finalmente o dia acabou!
Agora, já pode sonhar..." 


Dú♥Karmona®

01 abril, 2010

Amor com Café






















Só quero viver a vida como ela é...
Ouvir palavras de amor no café.
Amor comum sem ser maior,
De verdade sem saudade.
No meu sonho de amor de todo dia
Esqueço o que já foi ao amanhecer.
Quero viver apaixonadamente
O amor comum diferente
Do amor de alguns.
Amor comum com café
Vivendo a vida como ela é...

Dú♥Karmona®