28 março, 2010

Estou aqui...




Estou aqui
De joelhos, tremula,
Despida de mágoas
De títulos, sem didáticas.
Descalça, de boca serrada,
Ouvidos atentos,
Coração aberto.
Em mais uma Primavera.
Quero agradecer
Meu jardim Florido de Rosas,
Que exala essências de anos vividos
De todas as cores
E tantas outras a desabrochar...
Estou aqui
Vestida de sonhos, de vida!!
Querendo aquietar meu coração
Em mais um ano,
Para poder continuar...
E peço perdão,
Por não saber se tenho direito
Ao sol que carrego em meu peito
Que queima como fogo...
O fitar da lua,
O brilho das estrelas...
O encanto do mar.
O sopro do vento
Que me leva
A cada amanhecer...
Estou aqui, para pedir perdão
Por não conseguir orar
Sem mostrar a dor que sinto
Em meu peito...
Estou aqui, pelo meu egoísmo
De exalar o amor sem sentido,
Num mundo tão cruel
Ao qual vivo, longe daqui...
Estou aqui, para pedir Perdão!
Por faltar à humildade
E ter tudo que tento me despir
E me achar no direito
De estar aqui...

Dú♥Karmona®

27 março, 2010

Que Assim Seja ...



















Não quero ser devorada pelo que não fiz...
Pela saudade que tenho
Pelo que deixei de viver...
Ser devorada pelas paredes...
Pelos meus pensamentos falantes
E que ecoam pelos meus poros
Não quero acordar sem ser...
Sem ter o que não sabia querer...
Não quero ser devorada por este
Tempo que trilha meu caminho tão veloz...
Quero te receber sem nada igual
Sem ter que surgir pra depois
Nem se for depois...
Depois de virar estrela...
Quero nesta hora vestida de vida
O teu olhar! E sentir a certeza
De que és... de que seja...
Sem ter que ir a lugar algum...
Não quero ser devorada pela falta de saber...
Quero ser!

E, que assim seja...

Dú♥Karmona®

Contradizendo ...


















Contradizendo cheguei de dia
Sem tanta dor mas chorei, gritei!
Avisando que cheguei...

Contradizendo cheguei morena
Entre as pequenas
E ganhando um presente de nome...

Contradizendo depois
De ainda morena ser
E ter nome importante,
Tentei ser, quando me distrai
Por apenas um instante,
O que quiseram que eu fosse...

Contradizendo a dor, amei!
Amei aprendendo ouvir o silencio das cores
E entre meus amores, andei...

E a vida contradizendo:
Sem insistir, sem sorrir... doendo!
Silencio o quanto amei...
Deixo em retrato o que se viu
Fica em poesia o que senti
E de tudo de mais lindo que vivi
Fico com o perfume das cores
Tatuados em minha alma!
Entre meus tantos sonhos,
Desejos e Amores...


Dú♥Karmona®

24 março, 2010

Dor...

























Dor ...
Não sei o que me sacia...
Tenho fome de vento!
E o que tenho é ventania...
Tenho fome de amor!
E nem o meu excesso mata...
Tenho sede de vida, de calor...
E vivo em chamas!
Talvez, se gritar bastante,
Faça a terra me ouvir,
Até sangrar
E regar a minha dor...

Dú♥Karmona®

23 março, 2010

Meio Outono ...

























" ...Alteração na paisagem, no oco da tora...
Independente da semente...
As cores, estão sumindo dando lugar
Para apenas uma ou duas cores...
A brisa vira vento... é um abandono!
E 'eu' me sinto Meio Outono... "


Dú♥Karmona®

21 março, 2010

Sensações Lidas ...


Sensações Lidas... 

Escrevo assim porque não me caibo
Sinto mundos em mim deixados
De onde vim ...
Não me pergunte assim como faço
Porque só sei o que sinto e é tão rápido
Que muitas vezes me escapo

Dizem que poeta é assim...
Sinto além de mim,
E fico nua de mim
Quando em palavras
Revelo meus segredos
Fragmentados ...
Em sensações lidas...

E entre retalhos de mim,
Leio as sensações
Da noite enluarada,
Do entardecer com pingos de estrelas...
Entre chuva, ventania e brisa
E dou formato à poesia
Tornando a vida mais amena...

Deixo a quem não viu
O meu retrato...
E em forma de poesia
Tudo que senti
Quando vestida de vida,
entre sensações lidas
Tento o meu resgate ...


Dú♥Karmona®

20 março, 2010

Reflexão ... (II)



























Reflexão ...

" ... e tinha algo que me deixava assim:
sem movimento a fitar tudo que se movia,
mas lá dentro, bem la no fundo, eu não parava,
corria através do caminho sem saber onde chegar,
mas corria em direção ao som, ele me guiava,
mas por fora, eu estava intacta,
e por dentro eu gritava e ouvia o som,
e ele me chamava... "

Dú♥Karmona®

Reflexão ...

"As folhas começam a cair, é outono!
e eu em plagio com a natureza,
faço do meu interior inicio de outono
e estou me recolhendo...
pacientemente, na ânsia de acertar
e poder renascer ...
como as flores na primavera..."

Dú♥Karmona®

08 março, 2010

Tem alguém ...



Têm alguém...

"Têm alguém aqui
Neste instante
Com muita força ainda
Mesmo morrendo
Um pouco a cada dia...
Vive aqui
Não importa meus planos
Meus sonhos...
Fica em mim como sou
Não importa
A escolha do que for
Não sei viver sem
Mesmo morrendo
Um pouco a cada dia
Têm alguém aqui,
Permanece comigo
Muito forte!
Ainda..."

Dú♥Karmona®

06 março, 2010

Meu avesso ...



"Não Caibo em mim ...
É como se eu me escapasse
Como se tudo não bastasse...
É um transbordar
Que me escapa pelo olhar
E transforma meu sorriso
Em meu avesso..."

Dú♥Karmona®

04 março, 2010

Pensamento ...


" ... Tenho segredos em meus pensamentos
que só eu alcanço...
Só eu ouço sem cansar, sem compreender...
Mas nada cansa esta vontade
De vir e ir e até ficar
Entre o espaço de ser e pensar ... "

Dú♥Karmona®